FLASH FICTION

DESTAQUES

 

FLASH FICTION

DROPS RECENTES

De Quem Vive Pela Lente

Quando recebo uma proposta e não faço ideia do que tão falando, foco nas palavras que revelam o nível de desespero (deles e meu). “A senhorita será extraordinariamente bem recompensada” — advérbio pra se você voltar viva. “E quando a gente chegar, aquela paisagem impressionante vai convencê-la” — adjetivo que esconde a queda de quinhentos metros num passo em falso. “Até onde...

De Casas Que São Refúgios

Começou como tudo começa. Com palavras.

Edora sentou na escadinha da varanda e abriu o envelope, a caligrafia estilizada que só resistia nos convites de casamento, com maiúsculas rebuscadas e traços suaves e arredondados nas pontas. Um amigo viajante, que assinava Kummelpotz, afirmava estar encantado com sua casa e desejava lhe presentear. Sobre a cerca da varanda, Edora viu um vaso de flo...

Dos Rios Que Correm Negros

Toninha da Folha ergueu a mão. Jogou o facão na terra, a madeira suada do cabo apontando o céu, correu pro rio e se agachou pras necessidades. Jão Chicote, que gostava de ver a mulher agachada, seguiu. Quando bateu os olhos na água não viu Toninha. Olhou ao redor, gritou o nome uma, duas vezes, andou no meio dos escravos, os olhos querendo saltar na garganta de quem lhes cruzasse, dizendo pr...

FLASH FICTION

SOBRE

O FLASH FICTION é um projeto de drops literários nascido no Facebook em abril de 2013. De conversas de boteco a universos paralelos, de casos indecifráveis à análise do sorriso de um dragão banguela, cada drop é uma viagem ficcional única e radioativa, digerível em um minuto ou quase isso, sem contraindicação. Novas publicações toda quarta-feira.

SANTIAGO SANTOS é escritor, tereréficionado, tradutor e jornalista. Atualmente reside em Cuiabá – MT, onde já se aventurou pelo mercado independente dos contos ilustrados e blogs empoeirados. Publicou seu primeiro livro em 2016, Na Eternidade Sempre é Domingo, uma aventura pé na estrada carregada da história e da mitologia dos Incas.