Entendido [#108]

Vilmar era um grande entendido. De tudo.

Abel comprou um carro, um Fiesta 1.0, 5 mil de entrada e o resto parcelado em 60 vezes. Puta merda, Abel, devia ter falado comigo. Vi esses dias numa concessionária. Queima de estoque. Um monte de Celta 1.6 com ar e direção, bem mais barato que esse teu.

Gleice comentou de uma banda, o CD que comprou no iTunes, acabou de sair. Nossa Gleice, então você tem que ouvir o primeiro CD deles. Agora se venderam de vez, padronizaram o som pra tocar na rádio. Compra o primeiro, cê vai gostar, é bem mais rock and roll mesmo, cruzão, tô falando.

Rodolfo falou do avô com pedra na vesícula, chorando de dor a noite inteira no hospital. Dá nada, Rodolfo. Tinha que ver minha vó, uma vez, com o ouvido inflamado. Deixou passar duas semanas, quando foi no hospital a orelha tava do tamanho duma bola de tênis. Não conseguia parar de chorar. O médico injetou morfina direto na orelha. Aquilo sim foi dor, nossa, não gosto nem de lembrar.

Diógenes comemorou o título do Palmeiras. Não, Di. Cara, não dá pra ser feliz à toa desse jeito. Santista é que tem que comemorar. Olha a história, o tanto de títulos, o Pelé e os outros. Palmeiras tem que comer muito feijão ainda.

Neves elogiou o novo filme do Tarantino. Pô, muito bom mesmo. Mas o Tarantino é pastiche de um monte de coisa. Se for pegar as influências sempre tem filme melhor que o dele. Sabe, fica nessa punheta, não consegue superar os mestres. Tá tentando, beleza, mas ainda não rolou.

Felipe comentou do porre da noite anterior e da ressaca. Putz, Felipe, lembra quando a gente tava na facul? Quando fiquei dois dias sem aparecer? Lembra? Coma alcoólico no hospital, sem documento, ninguém sabia quem eu era. Depois acordei, mastiguei Dipirona com água uma semana. Aquilo sim foi uma ressaca.

Alexandre falou do mochilão que ia fazer pela América do Sul. Bacana, Lê, mas quando cê tiver com mais dinheiro e vontade de fazer um mochilão foda mesmo me fala, a gente arma um pela Europa, pelo menos vinte dias rodando tudo que é país de trem, aí sim.

Domingo passado o pessoal se reuniu para colocar o papo em dia. Abel, Gleice, Rodolfo, Di, Neves e Lê se juntaram na casa do Felipe, churrasco e cerveja. O Vilmar não foi chamado. Era de se supor que ele tinha coisa melhor para fazer.