Faróis esfaqueando a chuva

Rógevaldo, leva essa Brahma lá fora.

Claro, dona Deva.

Róge pega pelo pescoço, o corpo embranquecido. Desvia das mesas do salão do bar e abre a porta de tela. Na varanda, o desconhecido empinando a cadeira nos pés traseiros, pernas cruzadas sobre a amurada de madeira, cigarro enfiado nos dedos do braço caído ao lado do corpo, camisa aberta e o pelo do peito pulando pro alto, calça m...

 

berátna :cinko :criançada é zika

.parecem dois crianços, pelo tamanho, e não usam roupa refrigerada como todo mundo .o + alto tem quatro braços, num deles um pistoleto, noutros dois facónes longomonstros .o menor tem dois braços mas eles não terminam em mãos e sim em bloquetos revestidos de onde saem duas lâminas .fodeu gostoso

¹.não tenho pikas contra ustedes, na vera_digo_.façam o que quiserem, tão livres, só qu...

 

berátna :kuátro :tudo por grano

.lugar de moco é no escuro, socadinho na parede do beco .o desconforto moco mastiga pensando no grano no fim do trampo .moco mastiga até mesmo uns meses na xilindra, coisa que o felo da puta do tóide achou que podia fazer desde que pagasse .e maldición, podia mesmo, que co bolso fofo fico na fina .pediu desculpa pela mão e pra compensar mandou instalarem a extensión + de ponta na enferma, e ...

 

« Carregar mais posts