De quem assiste de longe

Desce o prato, o guincho aumenta.

— O que eles tão fazendo reunidos ali, Adalberto?

— Esperando a comida.

— Desde quando você não alimenta eles?

— Acho que uns quatro dias. Mas tão com uma energia danada ainda, tá vendo?
#
Desce o prato, o guincho aumenta.

— Ainda alvoroçados desse jeito?

— Resolvi não dar comida pra eles ontem.

— Olha, isso tá ficando ...

 

Solidão Desabrocha Paralelismos Ainda Não Estudados

Acorda muito cedo. Se arruma, faz o café da manhã na cozinha, prepara o suco de laranja e volta pro quarto. Ergue o colchão, se equilibra no primeiro degrau segurando a travessa, desce lentamente até o fundo e abre a porta do quarto. Deixa o café da manhã preparado na mesa de canto e parte pro trabalho.

Acorda, senta-se à mesa de canto e toma o café da manhã. Se arruma, pega o terno es...

 

Da fumaça que faz família

Minha mãe nutria um receio por demais de grande de encontrar meu pai garrado noutra mulher. Ao contrário de outras casas, onde o homem saía pra labutar a comida, era ela quem saía pra faxinar as mansões do centro. Meu pai ficava, sentindo troçado com um garrote na garganta, um lençol enchendo os pulmões como bexiga d’água, ele dizia, que ar entrava só no cantinho que cabia, e era por i...

 

« Carregar mais posts