Da pequena e necessária recompensa

Dora fica pra trás na Catimba. Resolvemos que é muito mais jogo eu sair sozinho pra ver se acho algo comestível, que se algo me achar comestível primeiro ela ainda tem chance de se salvar. Esse planeta prometia lá de fora. Superfície respirável, muita matéria orgânica, vida vegetal intensa. Há sempre o cálculo probabilístico da Inteligência Artificial pra rastrear possíveis formas de...

 

Do dia em que a menina bonita morreu

O velho bufa enquanto carrega o saco nos ombros. Ele bufa tanto que tem que parar algumas vezes no caminho pra só respirar, o peito balançando um monte. Ele escolhe um lugar debaixo da árvore, uma árvore de copa gorda que não sei qual é, nunca sei os nomes das árvores.

Ele volta pro prédio e pega a pá que tá encostada na parede, é ali que a gente sempre deixa a pá porque sabemos que...

 

Das modulações da memória

— É que antes de morrer, Luântoni, seu padrinho decodificou todos os receptores neurais e as milhares de ligações entrecruzadas que formavam a consciência dele e a dividiu em fragmentos mínimos, partículas unicelulares.

— Mas o cérebro humano nem foi completamente mapeado ainda, pai. Como ele conseguiu?

— Tobias era um homem à frente do seu tempo. Ele imbuiu cada uma dessas pa...

 

« Carregar mais posts