FLASH FICTION

DESTAQUES

 

FLASH FICTION

DROPS RECENTES

Dos riscos da super aposentadoria

  • 9 de março de 2018
  • Categoria: Fantasia

ASTRO VOLTOU — alardeiam as telas em gritos ou legendas enormes, coroadas pela imagem esfumaçada de algo se aproximando pelo ar e então disparando pra cima feito um míssil, mergulhando nas nuvens que espiralam em seu rastro. Nem um segundo. Mas em câmera lenta, frame por frame, é possível ver com facilidade os contornos da figura humana, o colante preto, os braços unidos apontando pra cim...

Da melodia afiada da fala

A água cai de lado, martelando o asfalto conforme as golfadas do vento. Noites chuvosas são as piores porque me fazem lembrar da primeira noite, quando Marla ainda estava viva, quando o que eu pensava ainda me pertencia, quando abraçar sua cintura ou tirar seus cabelos da frente dos olhos eram ações que eu tomava por iniciativa e gosto, não por outra coisa.

A chuva lava o carro e os vidro...

Da estrutura insistente da chama

Esturricando. Mais que isso. Cheiro de algo carbonizado que continua queimando, plástico que cozinha na panela de seu sangue artificial, cinza prensada sobre cinza ardendo no coração de um carvão infindável. Cheiro que faz arder a gengiva, seca os olhos, escala as narinas e ferra as cartilagens como faca enfiada e torcida por mão treinada.

Há semanas que acordo com esse cheiro impregnado...

FLASH FICTION

SOBRE

Ficção em drops | fareloescrita | nanoprosa
De conversas de boteco a universos paralelos, de casos indecifráveis à análise do sorriso de um dragão banguela, cada drop do FLASH FICTION é uma viagem ficcional única e radioativa, digerível em um minuto ou dois, sem contraindicação.
Novas publicações toda quarta-feira.

SANTIAGO SANTOS [1987] é escritor, tradutor do inglês, preparador de originais, jornalista e tereréficionado. Nasceu em Blumenau mas mora em Cuiabá desde moleque, desenvolvendo constantes táticas pra fugir do sol e do mormaço. Publica drops na internet desde 2013 e lançou seu primeiro livro em 2016, Na Eternidade Sempre é Domingo, uma aventura pé na estrada carregada da história e da mitologia dos Incas. Já publicou ficção em antologias, blogs e revistas. É um dos editores da encruzilhada literária virtual Ruído Manifesto, onde ocasionalmente resenha livros na coluna CATAPLAU. Algazarra, sua primeira coletânea de drops, sairá em 2018 pela editora Patuá. [Foto: Fred Gustavos]