Cena do crime

O detetive Cademartori encontra o corpo de Cornélio Funke boiando no rio, asfixiado com uma linha resistente ou arame, morto há três dias. É identificado pela carteira de habilitação em seu bolso. Era casado com Amanda Bluth e há um apartamento registrado em seu nome. O detetive Cademartori visita o local e interroga o síndico, descobrindo que ambos eram conhecidos pelo isolamento, sem rec...

 

Baldo e a ponte

Baldo chegou na cidade amaldiçoando cada buraco e desnível da estrada de chão. A bunda dormente reclamava, assim como as costas e os joelhos. Tá cansado, dotô?, disse Péricles, o assistente e sobrinho do prefeito, num sorriso carniceiro que deixava o dente quebrado à mostra. Baldo não respondeu, como não respondeu a muitas perguntas de Péricles pelo caminho.

Saltou da caminhonete na f...

 

Baldo e o asilo

Quer dizer que o problema sou eu? Olha, seu Honório, creio que sim. O senhor tá com quantos anos mesmo? 143, filho. Baldo balançou a cabeça. O asilo ficava em Pomerode, cidade de Santa Catarina com forte influência da imigração alemã. O problema era que os velhos, além do alemão, agora falavam também árabe, romeno, grego, latim, hebraico. E esqueceram a velhice e as doenças, bebendo, ...

 

« Carregar mais postsPosts mais recentes »